Reduza o risco de trombose nas viagens de final de ano e nas férias

  • Artigo publicado em: 21 novembro, 2017
  • Categorias:

Por Claudio Jacobovicz

Se você é uma das milhares de pessoas que vai viajar nestes feriados de final de ano e férias, tenha em mente que longas horas sentado pode colocá-lo em risco para trombose venosa profunda. De acordo com a Sociedade Americana de Cardiologia, 1 em cada 1000 americanos desenvolve trombose venosa profunda todo ano- e longas viagens em carros e aviões contribuem para muitos destes casos.

Durante períodos prolongados de imobilidade, o fluxo sanguíneo nas pernas fica restrito e lento. Fluxo sanguíneo lento pode predispor a formação de coágulos. Se ocorre esta formação nas veias profundas das pernas, este evento é conhecido como trombose venosa profunda. Nas condições mais sérias, um fragmento do coágulo sanguíneo pode se desgarrar e parar nos pulmões. Conhecido como embolia pulmonar, esta condição é potencialmente fatal se o coágulo for grande.

Para reduzir o risco de trombose venosa profunda e coagulo sanguíneo, confira algumas dicas:

Mantenha–se em movimento: aproveite todas as situações que permitam a você uma pequena caminhada ou mesmo esticar suas pernas. Caminhe no corredor do avião por alguns minutos durante voos longos. Se você não conseguir sair do seu acento, mova os pés para cima e para baixo. Isto causa uma contração da musculatura da panturrilha e contrai as veias das pernas, auxiliando no retorno sanguíneo.

Mantenha–se hidratado: tenha certeza de beber uma boa quantidade de líquidos. Evite café e álcool, que podem desidratá-lo, fazendo com que as veias se comprimam, o sangue fique mais espesso, podendo propiciar o aparecimento de coágulos. Opte por água e/ou sucos.

Auxilie a circulação: evite cruzar demais as pernas ou utilizar meias muito apertadas. Utilize meias elásticas medicinais, receitadas por um especialista, principalmente se tiver algum fator de risco maior para trombose venosa profunda. Os fatores de risco incluem: sobrepeso, idade superior a 60 anos, gestação, utilização de pílulas anticoncepcionais, varizes dos membros inferiores ou outras condições venosas.

Boa viagem!