5 Soluções para Síndrome de Pernas Inquietas

  • Artigo publicado em: 9 setembro, 2019
  • Categorias:

Já reparou em alguém que simplesmente não consegue parar de mexer as pernas? Pode ser a síndrome das pernas inquietas (SPI)

Movimentar os membros inferiores alivia a sensação de incomodo nas pernas

A síndrome das pernas inquietas é caracterizada por uma sensação de incomodo nos membros inferiores quando em repouso. A piora acontece geralmente à noite ou durante a madrugada, durante períodos de descanso, mas em casos extremos o desconforto é sentido durante o dia. Ao movimentar as pernas ou massageá-las, é percebida uma melhora, que leva ao movimento repetitivo e involuntário. No casos mais graves, os braços podem ser também afetados.

Essay composing is frequently a daunting job to many men and women. Essays can likewise aid in improving somebody’s considering and composing ability. Writing an essay is really not a tough task once you learn the arrangement well. The ideal / brilliantly portion about writing an insightful essay writing can be the vast collection of issues you are able to pick from.

Some individuals will discover that operating a couple of hours every day on an essay is actually effective. Writing on such issues should become a brilliant exercise for the head and thoughts. There are several unique topics that one may use on paper process documents. Reading is a strong instrument that may help you build your writing skills unlike every other instrument may.

A agitação do movimento repetitivo das pernas causa piora na qualidade do sono, na capacidade de atenção, no humor e níveis de ansiedade.

A síndrome não deve ser confundida com sintomas de stress e ansiedade, que provocam uma movimentação rítmica dos membros inferiores – a SPI é provocada por uma espécie de “dor interna” ou comichão, muitas vezes descritas como uma sensação de “entupimento” venoso. Frequentemente esta síndrome é provocada pela insuficiência venosa e varizes. Para atenuar esse incomodo, existem algumas soluções, que vão desde a escleroterapia até mudança de estilo de vida, passando por medicação e suplementação vitamínica.

Descubra alguns dos medicamentos mais usados para tratar esta síndrome.

 

Existem diversos tratamentos para a Síndrome das Pernas Inquietas (SPI)

Agentes dopaminérgicos
Estes medicamentos aumentam a produção de dopamina, um neurotransmissor necessário para produção dos movimentos musculares voluntários, diferentemente dos movimentos involuntários relacionados a SPI. Estes medicamentos podem diminuir os sintomas, de moderado a severo da SPI, quando utilizados a noite. Entretanto, o tratamento deve ser breve. Tratamentos prolongados podem piorar os sintomas.

Benzodiazepínicos
Prescritos para aqueles que apresentam sintomas moderados ou intermitentes de SPI, também são efetivos no tratamento da ansiedade, espasmos musculares e insônia. Todas
estas condições podem estar relacionadas ou contribuir para uma piora da SPI.

Anticonvulsivantes
Podem aliviar os distúrbios sensoriais, que causam sensações desagradáveis e dor  nervosa.

Opioides
Pacientes portadores da SPI com sintomas severos podem utilizar opioides para controle da dor, promover o relaxamento e melhorar o sono. Como anemia por deficiência de ferro pode causar SPI, a ingestão de ferro pela alimentação ou suplementos pode causar uma melhora dos sintomas.

Adicionais Tratamentos para a Síndrome das Pernas Irrequietas
Dependendo da frequência e severidade dos sintomas, seu especialista pode prescrever suplementos de ferro, medicamentos ou combinação destes.

Sempre é recomendada a diminuição ou eliminação de ingestão de cafeína, álcool e tabaco; exercícios físicos regulares; dieta contendo vitaminas C, E, B6 e B12; também ingesta de cobre, fibras e bioflavonoides.

Somente um especialista experiente em doenças venosas pode ajuda-lo a decidir o melhor tratamento para a síndrome das pernas irrequietas. Se você sofre disto, entre em contacto
com o seu especialista de confiança.